quarta-feira, 13 de abril de 2011

O período do berçário

Quando o Henrique já estava com quase sete meses voltei a trabalhar e o levei comigo para o berçário do meu trabalho onde ele pode ficar até completar um ano e seis meses.
Gostei tanto da experiência e me adaptei tão bem a esta rotina só com uma empregada e creche, além do apoio mais do que necessário das avós, que não procurei babá (não que eu seja contra). Depois o coloquei já no Maternal em uma escola perto de casa pelo período de seis horas com as refeições e banho incluídos.
O período do berçário foi maravilhoso porque pude fazer uma transição suave após o período da licença maternidade em que ficamos 24 horas absorvidas com o bebê e aprender aos poucos a confiar os cuidados a outras pessoas, com a facilidade de estar bem pertinho de mim. Todas as empresas e órgãos públicos deveriam proporcionar este direito à mulher. Lá o Henrique foi muito bem acolhido, cuidado e amado, assim como eu, porque quem cuida do nosso filho, cuida também da gente e da nossa cabeça.
A tia Rebeca, pedagoga, foi então a primeira “professora” do Henrique. Muita carinhosa, competente e dedicada, ela passava até dever de casa e me dava muitas dicas sobre a estimulação. Tinha também a tia Alexandra, que não tinha nenhuma obrigação de cuidar do Henrique, já que trabalhava na coordenação do berçário, mas ele se apaixonou por ela, e vice-versa. Tinha dia que ela até se escondia, se não ele grudava e não queria soltar mais.
Além delas, e de toda a maravilhosa equipe, todas as queridas cuidadoras, muito carinhosas e dedicadas, especialmente a tia Val que adotou o Henrique como filho. Só ela conseguia fazer o Henrique comer, então, quando me ligavam dizendo que o Henrique não tinha comido, eu sempre perguntava se a tia Val já tinha tentado. Se ela já tinha e nem ela tinha conseguido, nem adiantava eu descer. Ela até tentava enganar as nutricionistas para tentar alguma coisa que ele aceitasse comer.
Fiquei sabendo que alguns dias, quando ele não queria comer nada, ele comia o lanche das cuidadoras (biscoito, bolo, pão de queijo,...), olha que safado! Uma vez, a tia Fran falou bem sério: “Henrique, se você comer tudo eu vou te dar um waffle”. Lógico que ele não sabia o que era waffle, mas ele entendeu que era um prêmio, então comeu tudinho e foi atrás dela para cobrar a promessa. O pior é que ela já tinha comido, mas ele não sossegou até que ganhou um biscoito maisena. Também acho que prometeu, tem que cumprir.
Na festa de despedida, junto com os amiguinhos Pedro, Luana e Sara, foi uma choradeira só. Teve até cerimônia de entrega dos diplomas com direito a beca e tudo. Fiquei muito emocionada com a dedicação das meninas. Admiro como elas conseguem fazer o melhor possível com poucos recursos (R$ 20,00 de cada mãe por mês). Lógico que a instituição fornece o espaço físico, o material, a alimentação e os funcionários. Mas com esses R$ 20,00 elas fazem milagre: festinhas, cartões, presentes nas datas comemorativas, mural com fotos, pagam os cursos de aperfeiçoamento das cuidadoras. O mais importante e que não tem preço, é o amor! Que saudade daquele tempo!

3 comentários:

Rebeca disse...

Que chique!!!! Estou no seu blog, isso é uma grande honra!
Telma querida, você que é uma mamãe MARAVILHOSA e o Henrique uma criança encantadora que conquista todos ao seu redor. Sentimos muita falta de vocês !!!!
Venham nos visitar !!!!!
Beijo com muito amor, tia Rebeca

Xandra disse...

Querida Telma,
Poder participar um pouquinho da vida do Henrique foi um presente na minha vida. O amor é um sentimento muito espontâneo e, da mesma forma que damos, recebemos. Sinto uma saudade imensa do "meu príncipe".
Você é um exemplo de mãe e de pessoa.
Que Deus ilumine sempre essa família tão linda!
Beijos,
Tia Xandra

Juliani de Paula disse...

Que maravilha um berçario no local de trabalho!
Fiquei com olho cheio de lágrima em pensar na "formatura" do Henrique! Que coisa mais fofa! Tomara que eu encontre boas profissionais como você quando chegar a hora do meu lindo ir pra escolinha!

Ah brigada pela dica já ativei a janela pop-up

Beijos