segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Estimulação de bebês - Parte VI

Essas são as últimas brincadeiras que selecionei do Caderno de Atividades do Henrique. No período do berçário (6 meses a 1 ano e meio), a pedagoga, muito querida e atenciosa, enviava uma ou duas atividades como "dever de casa" para realizarmos no final de semana. Em uma folha vinha a instrução e em outra vinha um relatório para descrevermos a atividade: quem realizou, como foi a reação do bebê durante a brincadeira e quais outras brincadeiras foram propostas além das indicadas. Também era para escrever se o bebê gostou e se conseguiu realizar a brincadeira. Algumas o Henrique não entendia ou não se interessava. Mesmo assim eu realizava e anotava a reação. Continuava repetindo nas outras semanas para estimulá-lo. A brincadeira que ele mais demorou a realizar foi a dos brinquedos de empilhar. Com 9 e 10 meses ele só queria saber de engatinhar e explorar tudo a sua volta. Nada de ficar parado tentando encaixar blocos ou aneis em torno de um eixo. Como essa atividade estimula a concentração, continuei tentando quando ele estava mais velho. Ele só foi se interessar a partir dos 12 meses. Cada criança tem seu ritmo e suas preferencias.

Borboletinha: qualquer idade

Cante para o seu filho a qualquer hora do dia, quando está no carro, esperando a fila do supermercado ou sentada no consultório médico. Toda hora é boa para cantar.
Desenvolva a capacidade musical e a sensibilidade da criança cantando para ela. Não se preocupe em cantar sem desafinar ou se mudar as palavras de uma canção. Gostar de cantar é o que conta. Seguem algumas sugestões de músicas:
- Sapo Jururu
- Marcha Soldado
- Fui morar numa casinha
- Borboletinha
- Os indiozinhos
- Pombinha Branca

Sugiro todas as músicas dos DVDs da Galinha Pintadinha e também o CD Criança Feliz, em que as músicas são gravadas especialmente com o nome da criança. O Henrique tem os volumes 2 e 4 e adora! Falei sobre o CD Criança Feliz AQUI.

O que diz a pesquisa cerebral: quanto mais cedo uma criança for apresentada à música, mais potencial ela tem de aprender a gostar de música.

Os nomes das coisas: a partir de 12 meses

Essa brincadeira desenvolve o raciocínio das crianças pequenas.
Quando as crianças estão aprendendo a andar, gostam de repetir o próprio nome muitas e muitas vezes. Às vezes chamam os outros pelo seu próprio nome porque não sabem ainda que o nome e a pessoa são a mesma coisa.
Para ajudar as crianças de um a três anos a perceber que as pessoas e os objetos têm nomes distintos, toque um objeto, como a mesa, por exemplo.
Pegue a mão da criança e coloque-a sobre a mesa enquanto você diz "mesa".
Repita essa brincadeira tocando os outros objetos ou partes do corpo de uma criança.
Faça isso com outros objetos ou pessoas que a criança conhece.

O que diz a pesquisa cerebral: a pesquisa mostra que experiências sensoriais e interações sociais com adultos receptivos desenvolvem a habilidade mental.

Pezinhos para cima: a partir de 12 meses

As crianças de um a três anos adoram tirar os sapatos. Esta é uma brincadeira ótima para fazer descalços, tanto dentro quanto fora de casa.
Tanto você quanto o seu filho devem tirar os sapatos.
Deite-se no chão com seus pés encostando nos de seu filho.
Diga o seguinte: "Um, dois, três, pezinhos para cima!"
Ao dizer "Pezinhos para cima" erga as pernas no ar e bata delicadamente na sola dos pés de seu filho com a sola dos seus pés.
Uma variação muito legal é deixar seu filho por um adesivo na planta de cada pé. Conforme a ilustração do adesivo, mude as palavras de "pezinhos para cima" para "cachorrinho para cima" ou "bebê para cima", etc.
Esta é uma forma divertida de desenvolver a coordenação motora de uma criança.

O que diz a pesquisa cerebral: os laços emocionais que você estabelece com seu filho têm um impacto grande sobre a capacidade dele aprender no futuro.

Conversa de bicho: a partir de 18 meses

As crianças de um a três anos adoram imitar os sons dos animais; essa brincadeira as ajudam a associar os sons emitidos pelos vários animais.
É melhor começar com dois ou três animais.
Diga o seguinte:

O que o cachorrinho faz?
Au, au, au.
O que o gatinho faz?
Miau, miau, miau.
Mas o peixinho, bem, o peixinho,
Vai (movimente a boca como um peixe)

Da próxima vez, comece com um animal familiar, mas acrescente um outro novo com o seu som. É uma boa ideia olhar ilustrações antes de dizer as frases.

Sempre termine com o peixe. Um final familiar dá sensação de segurança à criança.

O que diz a pesquisa cerebral: ouvir, olhar e nomear as experiências demonstra interesse pela criança e faz com que ela considere seus pensamentos e palavras importantes.

17 comentários:

Funny Paper disse...

Telma, essas atividades que o Henrique vivenciou são super bacanas para o desenvolvimento dos pequenos... espero que outras mães de crianças nessa fase estejam aproveitando essas dicas...

Acabei de passar no blog de sua irmã... menina, que texto sábio para a idade dela, e como escreve bem!! É bem de família, né?!

Bjs

Sil

Laiz disse...

Nossa que legal Telma!!!! Muito bom!!! Eu amo cantar com o Nino, o Edu é músico então fazemos muito isso!!! A de imitar os bichos também fazemos...mas por enquanto ele só repete o Au au (aliás acha que todos os bichos são Au Aus!!! rs. Amei! Muito bom mesmo!!!!! Beijocassss

Telma disse...

Laiz, que engraçado, pois o Henrique também passou por essa fase! Aliás, foi exatamente quando realizei a brincadeira na época do berçário. Até anotei no relatório! Mas pouco tempo depois ele começou a imitar gato, galinha, pintinho e vaca.

Renata disse...

ai MUITO LEGAL isso :)
que bom que vc compartilha tanta coisa importante!

beijos

Camila disse...

Oi Telma.
Mega importante sua postagem!!
Eles adoraaaaaam...
Adorei amiga!!
Beijos

Funny Paper disse...

Telma, fique tranquila que vou manter os quadros nesse valor; o tamanho da moldura é 32cm X 32cm, tem de diversas cores. Quanto às fotos, pode ser mais de uma por página, duas é ideal, mais que isso até pode, mas eu não recomendo... quando vc for encomendar, conversamos para eu saber exatamente o que vc quer, ok?

Obrigada pela atenção!

Bjs

Sil

Cristiane disse...

Telma, amei estas dicas, nossa isto tudo é muito legal mesmo. Nem em muitas escolinhas tem coisas assim... Parabens por ter esta oportunidade. queria copiar todas estas brincadeiras pois qdo o Bruno era pequeno eu procurava mas nunca achei nada tão interessante assim!!!! O Bruno melhorou da garganta viu!!!! Bjo e obrigada pela atenção!! Cris

Ivna Pinna disse...

Telma, e como eles adoram essas brincadeiras!
aqui a gente canta e muito! Até inventamos musicas.. hahahaha
E desde pequenininho sempre vou falando pra ele o nome das coisas, qualquer coisa que esteja sendo utilizada, ou que vemos.. acho que por isso ele aprendeu a falar rápido, hj é um grande tagarela, conta mil e uma histŕias (inventada por ele) uma graça!
Ahh e empilhar demorou bastante aqui tbm, ele tbm não queria ficar montado bloquinho não, queria era desmontar tudo e sair correndo por ai!
Hj ele já se interresa mais, e adora brinquedos de encaixar!

beijos

Marcela lusia disse...

Super importante seu post de hoje. amei!
beijokas

Chama a mamãe disse...

Oi Telma,
Eloise nessa fase não imitava bichos, em compensação agora (20 meses) imita todosssss, uma gracinha. E dançar então é com ela mesmo, dança de tudo, as vezes não precisa nem de música, ela dança sozinha.
Acho essas atividades super importantes para o desenvolvimento dos pequenos.
Bjão querida e parabéns pelas dicas.

Minha Maria disse...

Maria adora músicas...Adora que eu cante pra ela!
Adorei as dicas!
Beijos amiga!

Roberta disse...

Oi Telma, Estou amando essas postagens sobre a estimulação de bebês, acho super importante!!!
Canto bastante para o filhote e ele adora, bate palmas e quando dançamos ele mesmo fica cantando, do jeito dele, mas, canta!! rsrs

Beijos e desculpe a demora em retribuir a visita, adorei os comentários no nosso cantinho, você é muito querida!!!

Mamãe-Paty disse...

Oi Telma, tudo bem? Sempre vejo você nos comentários dos blogs que eu acompanho e hoje resolvi vir te fazer uma visitinha. Faz pouco tempo que criei um cantinho pra poder falar da minha vida na maternidade e aos poucos vou estou conhecendo outros blogs que falem do mesmo assunto!
Ameeei seu blog (já estou seguindo) e já li todos os posts sobre estimulação de bebês!! São ótimos! Eu vivo tentando estimular minha filha, mas as vezes faltam idéias do que fazer.. Agora peguei algumas dicas daqui e vou amanhã mesmo colocar em prática!

Beijinhos
Paty
www.profissaomamae.blogspot.com

Angi disse...

Oi amiga,
ixi demorei,mas cheguei!
ADOREI e tenho feito muitas dessas com o Antonio!
Muito legal, e amei essa fotinho dos bichinhos!
boa semana!
beijos
Angi

Angi disse...

Ontem foi feriado aqui,me perdi!
Ah,minha mãe está em Brasília, vocês tem que se ver!
E quando vocês vem prá Gramado mesmo?
Beijos

Carol Liôa disse...

amiga aqui a musica funciona! como o papai e a mamãe são loucos por musica, inventamos inumeras musicas o dia inteiro e hj vemos resultado, ela dança toda vez q começamos a cantar rsrsr bjss

Débora Nunes disse...

Oi Telma adorei mais essas dicas!!! Ja coloco musiquinhas pra Clara e vivo cantando por ai tb... rsrsrsrs

Bjus...