quarta-feira, 7 de setembro de 2011

Histórias personalizadas mais pedidas

Gosto muito de incentivar o gosto do Henrique pela leitura. Por isso, adorei a idéia do livro infantil personalizado em que o presenteado é o herói da história e interage com mais três amiguinhos.
O livro infantil personalizado é feito com muito carinho, artesanalmente, pelo site Mundo Mágico da Criança, que é nosso parceiro e ofereceu um SORTEIO. O resultado será divulgado no dia 12 de setembro de 2011 (segunda-feira).
Dei uma olhada em alguns livros e gostei de todos. Vou colocar um trecho das histórias personalizadas mais pedidas para vocês entenderem melhor como funciona. Acho que é uma dica excelente para presentear no aniversário ou, então, no Dia das Crianças que está chegando. Um presente muito original que agrada pais e filhos!

HENRIQUE no Jardim Zoológico (indicado para meninos e meninas, de qualquer idade)

Por fim tinha conseguido! Depois de vários dias insistindo, HENRIQUE, 2 anos, conseguiu que o deixassem ir ao Jardim Zoológico de Brasília. Agora, só lhe faltava convencer os pais de João, Mateus e Malu para que também pudessem ir. Depois de seguir um plano muito, mas muito bem pensado, conseguiu que seus pais lhe dessem autorização. Ainda bem!
Na entrada do Zoológico, uma moça com uma máquina fotográfica colocou-se na frente da turma para tirar fotografias, que depois pegariam na saída. Logo depois viram um trenzinho divertidíssimo, todo colorido. Um cartaz anunciava as paradas que fazia dentro do Zoológico. Decidiram apanhar o trenzinho. O trajeto era muito bonito; passaram pela zona dos quatis, dos crocodilos, dos lobos, até que por fim chegaram às gaiolas dos pássaros. Os papagaios não paravam de falar. Repetiam constantemente a mesma coisa: “Papagaio Rrreal!” “Papagaio Rrreal!”
Voltaram ao trenzinho que ia para a próxima parada: os macacos. As travessuras dos macacos eram muito engraçadas. “Olha para aquele bebê agarrado à sua mãe!”, indicava HENRIQUE. “Olha como ela salta de galho em galho com o bebê agarrado ao peito!” Era um autêntico espetáculo de trapezistas. HENRIQUE apanhou do chão um amendoim que alguém tinha deixado cair, mas no momento em que ia atirá-lo viu o cartaz: “NÃO DÊ COMIDA AOS ANIMAIS”, escrito com letras vermelhas. Obedeceu à ordem, como também fizeram João, Mateus e Malu.

A aventura de HENRIQUE no sítio (indicado para meninos e meninas, de qualquer idade)

HENRIQUE, 2 anos, já tinha a mochila preparada para a excursão que ia fazer com a escola. Estavam há meses a espera, porque era a primeira vez que iam passar o dia inteiro num sítio. HENRIQUE, João, Mateus e Malu tinham muita vontade de conhecer de perto a vida dos animais. A viagem pareceu-lhes muito curta. Foram cantando alegres canções o tempo inteiro até que chegaram ao sítio que era perto de Brasília.
Por sorte, a chegada do ônibus não assustou os animais do sítio: cavalos, porcos, pombos, ovelhas, galinhas e várias vacas: todos andavam soltos ao redor da grande casa.
Os cavalos bebiam água num bebedouro, que depois as crianças souberam que se chamava cocho. A mamãe porca e seus filhotes chapinhavam, cheios de lama, num charco ao fundo do sítio. Cheiravam muito mal. “Agora sei porque é que se chamam porcos”, observou HENRIQUE enquanto tapava o nariz e abandonava aquele local malcheiroso.
O caseiro chamou HENRIQUE, João, Mateus e Malu para ajudá-lo no celeiro com o feno. Era como tinham imaginado: um lugar fantástico para brincar. Em poucos minutos acabaram o trabalho e sentiram-se contentes ao ver os montões de palha cuidadosamente arrumados. “Vamos brincar nesse monte de palha fofa”, disse HENRIQUE. A ideia parecia tão divertida que rapidamente apareceram outros meninos e meninas para participar dessa brincadeira.
Enquanto se arrastava entre as palhas, HENRIQUE notou algo diferente: “Olhem só o que eu descobri”, disse. “É um ovo! Será que há mais ovos?” Diante desta pergunta, todas as crianças começaram a procurar, escavando com cuidado com as mãos para não quebrar nenhum e em pouco tempo tinham reunido uma dúzia de ovos, fresquíssimos. “Vamos levá-los à caseira”, disse João. “De acordo”, disseram Mateus e Malu. Dirigiram-se todos para o casarão e entraram numa correria danada gritando ao mesmo tempo: “Encontramos uma dúzia de ovos”, “Uma dúzia completa”, “Isso mesmo, doze”, disse o menor. “Ótimo! Vou fazer uma deliciosa omelete para vocês, espero que gostem!”, disse a caseira.

BEATRIZ no País das Fadas (esse livro é muito legal para meninas que já acreditam em fadas e princesas)

Numa tarde ensolarada, BEATRIZ, 3 anos, reuniu-se com Clara, Júlia e Luísa no parque que havia perto de sua casa. Planejavam andar de bicicleta, mas como estava fazendo muito calor na cidade de Brasília, decidiram esperar debaixo de uma grande árvore. Enquanto aguardavam o pôr do sol, ficaram observando um esquilo que brincava com uma amêndoa que estava caída na grama, pensando talvez na melhor maneira de comê-la. O que o grupo não sabia, é que o bichinho estava querendo chamar a atenção, e quando conseguiu, disse-lhes: “Acompanhai-me, pois o País das Fadas está em perigo e tendes que o salvar. A Rainha a sua varinha perdeu, o duende mau a pegou, se comerdes do fruto caído, salvá-la, vireis comigo”.
“O que podemos fazer para ajudá-lo?”, indagou BEATRIZ. “A amêndoa comerão e virão comigo”, respondeu o esquilo. Sem pensar duas vezes, repartiram a amêndoa e quando acabaram de comê-la, um redemoinho aproximou-se do lugar e envolveu todo grupo numa espiral. Sentiram um pequeno enjoo e, quando tudo se acalmou, estavam num lindo bosque. O amigo esquilo começou a fazer sinal para as crianças. “Vamos segui-lo”, disse Clara. “Vamos lá”, respondeu Júlia.
Aquele lugar era realmente mágico, ou melhor, muito estranho: caminhos vermelhos, azuis e amarelos; flores que falavam umas com as outras; e muitas outras coisas curiosas. No alto de uma colina avistaram um grande castelo de cristal em forma de tulipa. “No castelo da Rainha se chegou, e o trabalho do esquilo terminou”, disse o pequeno roedor, desaparecendo por entre os ramos de uma árvore.
Quatro fadas se aproximaram: “A nossa Rainha está aguardando. Venham, não fiquem aqui fora”, disseram as quatro em coro.
Depois de subirem uma larga escadaria, encontraram uma sala onde uma formosa fada, vestida de branco, esperava sentada numa grande concha de cristal. BEATRIZ deu um passo à frente para saudá-la e nesse momento a divindade mágica disse: “Olá, BEATRIZ! Sou Fantasia, a Rainha do País das Fadas. Pedi que o nosso esquilo mensageiro a trouxesse porque precisamos da sua ajuda”, disse a Rainha com voz melodiosa. Fantasia explicou ao grupo como o duende Anacleto tinha roubado sua varinha mágica. Pediram que a devolvesse, sem resultado, e a partir desse dia, encontravam pó de estrelas por todo lado, porque o duende utilizava a força da varinha mágica de uma forma malvada e agora o País das Fadas se encontrava paralisado, porque faltava a matéria mágica das fadas.
A pobre Cinderela já está há vários dias esperando para ir ao baile do Palácio; a Bela Adormecida está cansada de esperar pelo beijo mágico do príncipe para acordá-la; Pinóquio não pode se transformar num menino normal; Peter Pan não pode voar e regressar à Terra do Nunca; Branca de Neve não consegue cuspir o caroço da maçã que a madrasta a obrigou a engolir; Bela está triste porque a Fera nunca mais vai deixar de ser feia e horrível... Enfim, todo o País das Fadas está paralisado por culpa do malvado Anacleto”.
“E onde está esse duende travesso”, perguntou Luísa. “Na Gruta dos Gigantes, onde acaba o caminho amarelo”, explicou Fantasia. “O nosso unicórnio dará uma carona para vocês chegarem até lá, pois o caminho é longo. Se quiserem ajudar, é só começar”. “Onde está o unicórnio? Não há tempo a perder”, disse BEATRIZ.

HENRIQUE vai ao Circo (indicado para meninos e meninas, de qualquer idade, ótimo para dar de aniversário)

Esperou com impaciência que chegasse o grande dia, o que finalmente aconteceu. Como HENRIQUE fazia aniversário, 2 anos, João, Mateus e Malu prepararam uma bonita surpresa como presente. Depois do almoço, vieram buscá-lo em sua casa. “Olha o que trouxemos!”, disseram-lhe. “Entradas na primeira fila para o circo que acaba de chegar na cidade de Brasília!” Ia ser uma tarde divertida e cheia de surpresas. Nunca tinham visto um circo de verdade e lá foram, com muita vontade de se divertir e com grandes pacotes de pipoca.
O circo estava lotado. Começou a tocar a música e o palco iluminou-se. A impaciência crescia e todos estavam desejosos que o espetáculo começasse rapidamente. “E agora, uma salva de palmas para os nossos artistas!”
Vieram os trapezistas, com suas roupas brilhantes, fazendo acrobacias, logo seguidos pelos elefantes, enfeitados com grandes correias douradas e seus simpáticos chapeuzinhos com penas azuladas, fazendo retumbar os assentos com seus pesados passos compassados. Atrás, os divertidos palhaços. Subiam e desciam das bolas e às vezes caiam no chão aos trambolhões, o que divertia muito HENRIQUE, João, Mateus e Malu.
O apresentador pediu silêncio. Rufos de tambores, silêncio total. Ele então agarrou o microfone e disse: “Senhoras e senhores, meninos e meninas: o circo lhes dá as boas-vindas e espera que passem uma tarde divertida conosco. Além disso, hoje é um dia muito especial para o circo, porque é o dia do seu aniversário”. As pessoas aplaudiram. “Mas também é o aniversário de HENRIQUE, que está aqui, e por este feliz acaso queremos que suba ao palco para participar... do maior espetáculo da Terra!”
HENRIQUE não podia acreditar no que estava acontecendo, mas João, Mateus e Malu, que já sabiam e tinham avisado à direção do circo na tarde anterior, empurram-no para que subisse ao palco.
“Senhoras e senhores, meninos e meninas, tenho aqui comigo nosso amigo HENRIQUE, que faz hoje 2 anos e que vai ajudar o nosso mágico, o senhor Potágio, com sua magia!” O mágico pediu a HENRIQUE que ficasse dentro de uma caixa de madeira. Fechou a tampa com pregos e, enquanto levantava os braços, disse: “E agora, as palavras mágicas!”

A viagem de HENRIQUE através do tempo (indicado para meninos e meninas mais velhos, pelo menos 7 anos, para que possam compreender melhor a história)

Como em muitas outras tardes, depois de tomar o seu lanche, HENRIQUE, 2 anos, João, Mateus e Malu encontraram-se para brincar no parque que havia perto de suas casas. Era a época de brincadeiras infantis, que dura tão pouco na cidade de Brasília; é preciso aproveitá-la e, como já se sabe, os meninos e meninas estão sempre torcendo para que não chova... nesta ocasião não chovia, mas aconteceu uma coisa esquisita. Um personagem verde, com umas antenazinhas torcidas e uns olhos estranhos apareceu por detrás dos arbustos e fez sinais para que se aproximassem.
"Que criança mais esquisita", pensaram HENRIQUE, João, Mateus e Malu. "Não sou uma criança", respondeu para HENRIQUE e sua turma. Como queriam brincar, disseram-lhe: "Vá para sua festa a fantasia e deixe a gente jogar". "Não ser fantasia, bip. Eu não ser terrestre! Eu ser de Andrômeda, bip, e ter problemas", respondeu-lhes o homenzinho. "Não me venha com piadas", disse-lhe João, enquanto se afastava. Então, um raio esverdeado, vindo do céu, envolveu João, Mateus e Malu, fazendo com que ficassem imóveis. O homenzinho ainda tentou, com sua espada laser, salvas as crianças dos efeitos do raio que os inimigos do seu planeta haviam disparado. Infelizmente sua espada não funcionou. HENRIQUE não podia acreditar naquilo que via. Com muito medo, perguntou ao pequeno extraterrestre o que acontecera. "Por isso minha espada laser não funcionar, bip, e trazer as chaves mágicas para consertar a nave, salvar o meu mundo, bip, e também as crianças", disse apontando para João, Mateus e Malu. HENRIQUE não pensou duas vezes. "Ok, pode contar comigo". No momento em que acabou de dizer estas palavras e com um gesto do pequeno homenzinho, HENRIQUE desapareceu numa explosão de luz, deixando atrás de si um forte cheiro de queimado. (Nesse instante começa a viagem através do tempo e Henrique precisa salvar os seus amigos)

Desejo boa sorte para quem estiver concorrendo ao SORTEIO! Ainda dá tempo de se inscrever!
Quem quiser adquirir o livro infantil personalizado para dar de presente, há um desconto especial de R$ 5,00, por exemplar, para quem comprar por indicação do blog da Telma (informar ao Sr. Adilson do Mundo Mágico da Criança). Acho que o livro personalizado é um ótimo presente!
Clique AQUI para acessar o site. Quem quiser aproveitar o desconto e encomendar para o Dia das Crianças precisa se apressar para chegar a tempo!

12 comentários:

Funny Paper disse...

Essa ideia de livros em que a personagem principal é a criança é incrível! Os pequenos ficam encantados por fazerem parte da história...

Bjs

Sil

Angi disse...

DEMAISSS!
E quero a do sítio, vou ganhar no sorteio, botei fé!
a gente visita os avós no sítio, então será ótimo, ele vai relacionar!!
beijos amiga

Ivna Pinna disse...

Ahh não meninas, esse premio vem direto pro Enry, vejam bem: O filhote ta numa fase de amar circo, sempre levamos ele; o tema da festinha de aniversário dele, que é em novembro, será circo! Então nós estamos numa torcida graaande aqui!!!
hahahahahaha

p.s.: alouk da mãe! rsrs

Beijos

Cris disse...

Oi Telma, obrigada! Deu certo sim, tá aparecendo lá! :) Eu também to concorrendo e to de dedos cruzados!! Escolhi a história do zoológico!
Beijo

A Julia disse...

Oi, Telma

Sobre a escola KK, meu amigo gosta muito e recomenda. Mas, como você sabe, opiniões são muito subjetivas.

Só mesmo fazendo uma visita para tirar nossas próprias conclusões, não é?

Também tô na torcida pelo livro.

Beijos

Débora Nunes disse...

Nossa amei... Agora q quero ganhar mesmo. Hehe...

Bjus...


- Futura mãmã !
disse...

Gostei muito da ideia...e tou desejosa começar a contar historinhas para meu ou minha bebezinho/a ...

beijinho e tudo de bommm

Mari Hart disse...

Vim te conhecer e dou logo de cara com uma foto linda do perfil com um sorrisão cheio de alegria! Adorei!

Bjo grande! volto depois p/ te conhecer melhor! =))

Laiz disse...

Eu quero eu quero!!! Eu vou ganhar!!! Adorei a idéia!!!! O Antônio vai adorar!!!

E respondendo a pergunta...o Du é fotógrafo e eu estou aprendendo ainda (mas arrisco algumas!!!!rs)... eu faço a produção das fotos e ele fotografa!!! Bjocasssssssssssssssss

Carol Liôa disse...

ai q legal^^ quero ganhar o livro personalizado! muito lgal! bjss

Andrea ponte rocha disse...

Amei!!! Hj msm lerei essa estorinha para João e Mateus! Com certeza adorarão!!!! Parabéns! Bj

Tatiana Bonotto Cake Designer disse...

Olá, estou passando aqui para convidar você para conhecer meu DOCE blog.

Quando puder passe por lá, vai ser prazer ter sua companhia.

www.tatidesignercake.blogspot.com