sexta-feira, 12 de agosto de 2011

Feliz Dia dos Pais


Ser pai hoje em dia não é como antigamente. Ainda bem! Os pais modernos fazem tudo (ou quase tudo) que a mãe faz. Alimentar, dar banho, trocar fralda, colocar para dormir, brincar, são tarefas divididas, e não mais exclusivas das mães. E participar da vida do filho não é uma ajuda às mulheres, mas obrigação e prazer. Cuidar do filho tornou-se uma parceria. O casal assumiu a responsabilidade de comum acordo e deve desfrutar juntos de todas as dificuldades e também alegrias de acompanhar o crescimento do filho.
Para o filho, o pai sempre é um herói, o mais forte e o mais importante de todos! Eu e minha irmã Laura até levamos essa história de herói ao pé da letra. Meu pai usava um óculos de armação preta igualzinho ao do Clark Kent e, como ele tem lindos olhos azuis, nós jurávamos que ele era, lógico, o Super-Homem! A gente tinha certeza absoluta, mas era um segredo só nosso. Não contamos para ninguém para não prejudicar a "identidade secreta" do meu pai!
Lembro com carinho de tantos momentos da minha infância em que o meu pai se fazia presente. Não era como hoje em que os pais fazem de tudo, mas o meu pai participava bastante. Trabalhava o dia todo, mas quando chegava do trabalho sentava para brincar. Exceto na hora do Jornal Nacional em que o silêncio tinha que ser absoluto! Nossa brincadeira preferida era de escolinha, mas o meu pai sempre tinha que ser o aluno (que a gente chamava de “Juninho”). Eu e minha irmã brigávamos para decidir quem seria a professora... Alguns dias, depois do trabalho, ele ainda nos levava para passear na rua, ou a pé, ou de bicicleta, ou de moto. Nos finais de semana, lembro com saudades de vários programas, passeios no Parque da Cidade, teatros infantis, cinemas (“A Ratinha Valente” e “Os Goonies” foram inesquecíveis).
Acho que são esses momentos que marcam a nossa infância. Momentos em que o nosso pai foi criança junto com a gente! Não importa se são poucas ocasiões, mas elas são as mais importantes e inesquecíveis na nossa vida.
Tenho certeza que o Henrique também se recordará com carinho de cada momento ao lado do pai. E meu marido não é um pai qualquer, ele é PAI com letras maiúsculas. Na verdade, ele é quase uma mãe. Ele é um pai como todo filho sonhou em ter. Pai presente, pai amigo, pai carinhoso, pai cuidadoso, pai brincalhão. E, lógico, também é o Super-Homem na vida do Henrique!
Sabe aquela preferência que todo mundo diz que os filhos têm pela mãe? Lá em casa isso não existe. O Henrique fica feliz com os dois. Não tem diferença. Seja com o pai, ou com a mãe, ele sempre está bem cuidado. Ele reveza momentos em que está mais apegado comigo ou com o pai. Algumas pessoas até me perguntam se sinto ciúmes. Lógico que não! Fico é muito feliz por eles serem tão grudados! Quantos momentos deliciosos entre pai e filho! Momentos, sem dúvida, que ficarão marcados na vida do Henrique para sempre!

Feliz Dia dos Pais ao meu pai querido e ao super pai que é o meu marido!
Desejo um Feliz Dia dos Pais a todos os pais e também aos homens que assumiram o papel de figura paterna na vida de tantas crianças. Seja o pai adotivo, o padrasto, o vovô, o tio, o irmão mais velho, todos merecem comemorar! Ser pai é uma questão de atitude!

7 comentários:

Funny Paper disse...

Oi Telma... adorei seu comentário no post sobre o Dia dos Pais! Não entendi o que é Top 5... é no seu blog que aparece??

Também li o texto que vc postou sobre o tema; as boas recordações! Claro que eu também tenho as minhas de infância, mas foi muito traumatizante a situação que eu vivi... isso já passou (com muita terapia!) e hoje em dia foco no que foi bom...

Bjs

Sil

Angi disse...

Telma!
Lindo texto, adorei como sempre,amiga!
Hoje em dia não basta ser pai, tem que participar ativamente na função!
Que sorte tivemos,hein?
Coitadas das amélias!rs
bjocas

Conceição Reis disse...

Telma ! ainda hoje estávamos falando da importância dos pais brincarem e cuidarem dos filhos como vcs cuidam do Henrique. Te dizia que isto fica marcado na vida dele, e que ainda era cedo mesmo pra vir outro bebê pq ele precisa de muito carinho e atenção de vcs. Vc e Junior, posso dizer que são pais exemplares. Parabéns a ele pelo seu dia. Que possa curtir muito o Henrique . Bj

Marcelja e Degani disse...

Telma, que maravilhosa postagem. Quero aproveitar para agradecer ao Júnior pela presença dele na vida dos meus filhos. Ele também é o Super-Homem da vida do Matheus. Quase todos os dias o ouço falar dos exemplos e ensinamentos do "tio Júnior". E como a mãe dele é meio "anarquista" no sentido político da palavra, ele, graças a Deus, tem se mostrado uma pessoa muito equilibrada. Um feliz dia dos pais para vocês. Abraços a todos,
Marcia.

Laura D. disse...

Puxa, Telma é verdade! Lembra quando eu escrevi um bilhetinho "papai, vc parece o supeiromi" pra ver se ele se entregava? Hahahaha!!!
Parabéns pro nosso papito e para o super homem do Henrique! Beijão!

Laiz disse...

Adorei o texto!!!! Lindo!!! Ter um pai presente e dedicado é muito muito bom! O Edu é total participativo , certamente o Antônio terá muitas recordações legais também!!!!
Feliz dia dos pais para o seu maridão!!! Que amanhã seja um dia lindo pra vocês! Bjooooooooo

Angi disse...

Feliz dia dos Pais ao marido,Telma!
Espero que o dia tenha sido maravilhoso, o nosso foi ótimo, e com a família do Guto!
Beijos em vcs 3